Conteúdo de Qualidade de Publicidade, Propaganda e Marketing :)

Aumento de publicidade no mercado de E-Games

Aumento de publicidade no mercado de E-Games

Se você está atualizado nas tecnologias, já sabe que a indústria de games mandou um “abraço” para toda a crise relacionada à pandemia. O mercado de E-Games foi um dos poucos que se superou em 2020 e, de fato, apresentou grande crescimento em um período tão desafiador para a economia.

Quer saber como o mercado de E-Games deixou de ser um simples lazer para uma atividade muito atrativa para a publicidade? Acompanhe!

E-games, esportes eletrônicos ou e-sports (também eSports) são competições ou torneios de videogame onde vários jogadores se enfrentam em tempo real para atingir um objetivo. A ideia é baseada no mesmo conceito que transforma uma atividade ou jogo físico em esporte: um grupo de jogadores que, sob certas regras e/ou situações, competem entre si para atingir um objetivo. A principal diferença, claro, é que no caso dos e-games a ação é realizada por meio de suporte tecnológico e virtual.

Segundo estudo da Newzoo, empresa especializada em coleta de dados, a expectativa de lucro do mercado de games para 2020 foi de US $ 159,1 bilhões. Quando as métricas se estendem até 2023, o levantamento aponta lucros com margem de até US $ 200 bilhões.

E onde a publicidade entra nisso?

O e-game tem chamado a atenção das pessoas por ter conquistado grande público e pelo grande valor que reproduz e certamente, chamou a atenção de nós, publicitários!

Como já falado, mesmo no início da pandemia, o mercado de jogos logo tornou-se um dos poucos setores que alcançou bons resultados. Segundo dados da consultoria profissional Superdata, do Grupo Nielsen, em abril de 2020, o gasto total com jogos digitais ultrapassou R$ 56 bilhões.

As pessoas em casa tiveram um maior interesse em buscar diversão diversão de forma online, suprindo necessidades de entretenimento, relaxamento escapando das notícias pessimistas. E é aí que esse setor disparou: houve enorme aumento de usuários em todo o mundo! Os jogos não são apenas uma forma de distração, mas também uma boa ferramenta para as pessoas se manterem em contato com os amigos.

O Brasil é o terceiro maior país de audiência do mundo, atrás da China e dos Estados Unidos, de acordo com a pesquisa da Newzoo. Os veículos especializados em reportagens esportivas tradicionais não deixaram de notar. Por exemplo, o site da ESPN no Brasil tem cinco seções principais – futebol, NFL, NBA, MMA e … e-games! O Globo Esporte também destacou esse recurso em sua lista de edição.

E ainda, os jogos têm sido vistos como um meio viável de veiculação de anúncios, já que tem sido possível atingir diferentes pessoas de acordo com seus interesses.

E você, o que acha desse novo mundo de jogos na publicidade, você investiria? Comente aqui!

Naila Galera
Naila Galera

Equipe de Conteúdo

Graduanda no curso de Bacharel em Marketing é responsável pela área de criação de conteúdo, desenvolve campanhas de inbound e marketing digital juntamente com a equipe da agência desenvolvendo textos de Redes Sociais, Blogs e Sites para grandes clientes.